Alta Floresta realiza 1º Fórum Comunitário Selo Unicef

b92f21fa-5ece-44eb-8eec-d205672bbd2f_640x480

Nesta quinta-feira (05) foi realizado em Alta Floresta do Oeste,

o 1º Fórum Comunitário Selo Unicef 2017/2020.

O evento aconteceu no Centro de Convivência do Idoso onde o Secretário de Trabalho e Assistência Social, Jeremias, recebeu o Secretário Municipal de Administração e Finanças, Reginaldo Silva; de Saúde, Adenilson Anacleto e de Educação, José Jaques, além do presidente da Câmara Municipal, vereador Robson Ugolini e da vereadora Marilza da Revil Móveis, também, o Articulador Selo Unicef/Alta Floresta, Jarlei Batista; o presidente CMDCA/Alta Floresta, Amilton da Silva e a articuladora estadual do Selo Unicef, Márcia Trajano, bem como, demais representantes da sociedade local, além de estudantes das escolas da rede estadual.

O Selo Unicef é uma iniciativa do Fundo das Nações Unidas para a Infância voltada à redução das desigualdades e à garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.
Durante o evento foram apresentadas metodologias, reforçando os objetivos do selo, ações realizadas pelo município, destacando que esta é mais uma ação estratégica de participação social obrigatória.

Para isso onze fatores são analisados, como percentual de crianças até um ano de idade com registro civil do total de nascidos vivos.

Taxa de abandono no ensino fundamental, percentual de crianças beneficiadas pelo bpc ( benefício de prestação continuada) direcionado a portadores de necessidades especiais, que estão nas escolas, percentual de crianças menores de 5 anos com peso elevado para a idade.

Percentual de nascidos vivos de meninas de 10 a 14 anos, percentual de gestantes com sífilis realidade tratamento adequado’’ percentual de óbito de mulheres em idade fértil investigado, distorção idade-série nos anos finais (6 a 9 anos) do ensino fundamental, percentual de óbito infantil investigado, taxa de mortalidade entre crianças e adolescentes de 10 a 19 anos por causas externas, percentual de adolescentes de 16 a 17 anos cadastrados no Tribunal Regional Eleitoral.

Fonte Decom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *